COMUNICAÇÃO

CARNAVAL 2018 – Setenta por cento das defesas nas audiências de custódia são feitas pela Defensoria

11/02/2018 17:25 | Por Luciana Costa - DRT 4091/BA (fotos e texto)

No terceiro dia oficial de folia em Salvador, a Defensoria Pública do Estado da Bahia – DPE/BA apresentou na reunião de avaliação da Operação Carnaval 2018 que aconteceu neste domingo, 11, os dados da atuação da Instituição durante a festa. De acordo com o balanço, o número de ocorrências na área penal teve redução em relação ao ano passado. A Defensoria, contudo, é responsável por 70% das defesas realizadas nas audiências de custódia.

O defensor público Pedro Bahia, que representou o defensor-geral, Clériston Cavalcante de Macêdo, no evento, apresentou o quantitativo de atendimento dos três primeiros dias de Carnaval.  Houve aumento do público alcançado na área não-penal em relação ao ano anterior. Foram alcançadas até o momento 2.296 pessoas enquanto nesse mesmo período em 2017, tinham sido 1.945.

De acordo com a Polícia Militar, a intensificação do policiamento ostensivo – com os portais de segurança, drones e body worn (uma espécie de câmera acoplada à farda) – ocasionou na redução de crimes contra o patrimônio e até o momento segue sem registrar crimes graves nos circuitos oficiais da festa e nos bairros. Essa estrutura reflete na diminuição de atendimentos na área penal da DPE/BA que saíram de 97 ocorrências em 2017 para 60 neste ano.

No final da apresentação, as instituições parceiras da Polícia Militar na Operação Carnaval receberam das mãos do comandante geral da PM-BA, coronel Anselmo Brandão, a placa “PM e Comunidade no Carnaval do Bem” em homenagem aos serviços prestados. A placa da Defensoria foi recebida pelo defensor público Pedro Bahia e pela coordenadora do plantão penal da DPE, Fabíola Pacheco.

Além da Defensoria, também participaram Polícia Militar, Polícia Civil, Departamento de Polícia Técnica, Corpo de Bombeiros, Detran, Ministério Público, Secretária Estadual de Turismo, Serviço de Atendimento Médico de Urgência – SAMU, entre outras instituições.